Editorial: A Barra mudou e o Jornal da Barra também

0
63

Quando o Jornal da Barra começou a sua jornada há 28 anos, a Barra era outra. Bem diferente, isolada, distante e um cenário repleto de um espirito pioneiro. Três décadas depois, a Barra mudou. Mudou muito e para melhor. Ao ser o centro das Olímpiadas, a linha do tempo saltou pelo menos duas décadas. Colocar a Barra no centro de um evento planetário foi um acerto.

Uma conquista fruto, mais uma vez, do espirito de pioneirismo do qual somos testemunhas há quase três décadas.

Vale destacar duas intervenções urbanas que foram responsáveis por esta conquista: a decisão de construir a Vila dos Atletas e o Parque Olímpico no antigo autódromo. Sem elas, a Barra teria perdido a chance de antecipar o seu futuro.

Estas duas ações fundamentais foram fruto novamente da visão transformadora do empresário Carlos Carvalho. Uma ousadia empresarial que será reconhecida pela história. Sem a sua coragem a Barra não teria tido o protagonismo que conseguiu em 2016. Ele está para a Barra como Juscelino Kubitschek está para Brasília.

Fazemos este registro para mostrar que o sucesso da Barra não é obra do acaso. O sucesso da região é fruto de muito trabalho, de uma sociedade civil organizada e de muito, muito suor.

Por décadas, homens como Carlos Carvalho, José Isaac Peres, Pasquale Mauro, Roberto Medina, Alfredo Lopes, Ferdinando Magalhães, Luiz Paulo Marcolini e José Oreiro, entre outros lideres ajudaram a construir a história da Barra e o nosso jornal teve o privilegio de ter registrado em suas páginas os momentos mais importantes. É esse um dos papeis mais importantes de um jornal, afinal o registro factual do hoje, será no amanhã o registro histórico do ontem.

As mudanças que trazemos a partir desta edição correspondem apenas a nova realidade da Barra. A região precisava de um grande jornal que a colocasse em primeiro lugar. A nossa manchete principal sempre colocou a Barra em primeiro lugar. Não se trata de um novo Jornal da Barra, mas do seu Jornal da Barra que hoje passa apenas a refletir a força da nossa região, dos seus personagens e da nova realidade. Há 28 anos estamos fazendo isso, cada vez melhor, tratando a Barra como a nossa cidade e a região da Barra nos tratando como o seu jornal.

Uma Boa Leitura!