0
0
0
s2smodern

A partir de um levantamento do 31º BPM (Batalhão da Polícia Militar), responsável pelo policiamento da Barra da Tijuca, Recreio dos Bandeirantes e Vargens, 66% dos roubos na região são feitos com armas falsas. No entanto, um suspeito só fica preso caso os policiais encontrem com ele os objetos do roubo. De acordo com o comandante do 31º BPM, tenente coronel Wagner Mello, se o suspeito não tiver ordem para ficar preso ele é liberado, tendo seu armamento retido.

Entretanto, por ser um artifício de uma aparição bastante parecida de uma arma normal, autoridades afirmam que é recomendado não reagir em nenhum desses incidentes.