O jovem Thiago de Souza, de 14 anos, morto por uma bala perdida durante a noite da última quinta-feira (1º de novembro) na Cidade de Deus, foi enterrado no Cemitério do Pechincha (Zona Oeste) ontem (6).

Thiago estava com um livro na mão quando foi alvejado e só foi sepultado nesta terça-feira porque a família não tinha o dinheiro necessário. A mãe do adolescente, que tem mais quatro filhos e vende salgados na região para mantê-los, precisou pedir ajuda a amigos para poder enterrar o filho.