JORNAL DA BARRA - (21) 3828-0281

0
0
0
s2smodern

Em evento realizado na segunda-feira, dia 5, no Palácio da Cidade, o prefeito Marcelo Crivella e o presidente da Empresa Municipal de Informática, Fábio Pimentel, apresentaram o balanço dos 90 dias de operação do serviço Taxi.Rio, plataforma de gestão pública de táxis. Segundo a Prefeitura, os números do projeto, lançado em 1ª de novembro, confirmam a aprovação da população: em três meses de funcionamento, foram contabilizadas 213.846 corridas, distribuídas pelos mais de 14 mil taxistas cadastrados na plataforma.

No Taxi.Rio, o desconto aplicado nas corridas é definido a partir de uma negociação direta entre passageiros e taxistas, que pode variar entre 10% e 40%. A média de descontos, nesse período, foi de 31,5%, o que resultou numa economia de R$ 1,95 milhão para os passageiros e no recebimento de cerca de R$ 4,2 milhões pelos taxistas.

Assim como em outros aplicativos de mobilidade, no Taxi.Rio também é possível avaliar o taxista. Com nota média de 4,84, os passageiros do aplicativo oficial da cidade aprovaram o comportamento e a qualidade do serviço oferecido.

Ao todo, a IplanRio, empresa municipal responsável pela gestão do Taxi.Rio, realizou mais de 7,5 mil atendimentos aos usuários do serviço, distribuídos nos canais ofertados.

Motoristas bilíngues

Durante o evento, foi diplomada a primeira turma formada no curso profissionalizante de inglês para turistas, uma parceria entre o Taxi.Rio e a Escola Técnica Sandra Silva. Ao todo, serão oferecidas 2 mil bolsas integrais para capacitação de profissionais participantes do serviço. 

Além disso, o prefeito anunciou também que haverá uma operação-piloto, montada especificamente para o Carnaval da Marquês de Sapucaí. Pela primeira vez, os 300 taxistas mais bem avaliados pela população poderão trabalhar em um ponto que será operado nas imediações da passarela do samba.

2018

 Para o ano de 2018, a plataforma prevê atualizações com novas funcionalidades. Em destaque, o pagamento de corridas realizado diretamente pelo aplicativo, com o cadastro prévio do cartão de crédito do passageiro, a função zeladoria, que possibilitará o envio pelos taxistas de informações importantes sobre a cidade, e a disponibilidade do aplicativo para aparelhos que possuem sistema operacional IOS, completando assim mais uma fase do processo de implantação da política pública.