0
0
0
s2smodern

Por Gabriel Suares

Na noite do dia 01 Dezembro, no Km de Vantagens Hall o cantor Luan Santana de 42 anos esteve no Rio de Janeiro para trazer a turnê de seu novo álbum “1977”, lançado nas plataformas digitais. A escolha pelo nome do disco recorda o ano, em que a Organização das Nações Unidas criou o dia internacional da mulher. Cantoras como Ivete Sangalo, Anitta e Marília Mendonça participam do novo projeto de Luan em suas músicas. Algumas como, “Dia, Lugar e Hora”, “Mesmo sem Estar”, “Acordando o Prédio” e “Estaca Zero” fazem parte do roteiro.

O cenário do show condiz com o nome da turnê, que foi inspirada na década de 1970. Painéis gigantes de LED reproduziam projeções ultrarrealistas de um galpão de fábrica, seguindo a concepção do DVD. Além disso, como de praxe em suas apresentações, os produtores do cantor sorteavam, através de uma pulseira distribuída no início antes do show, fãs que desejavam ver o espetáculo do palco próximo a Luan Santana. Causando assim, uma enorme euforia e indícios de confusões.

O cantor sertanejo com seu ritmo dançante e romântico possui um dos maiores fãs clubes do Brasil percorrendo até para fora do país. Alguns como, “Legião”; “Exército Santana”, “Cariocas do Santana” são grupos que se reúnem nos shows e demonstram o amor pelo o artista. Sthepanie da Silva, 22 anos, é uma das luanzates, como elas gostam de ser chamadas, que faz de tudo para ir aos shows do cantor: “eu e minhas amigas acompanhamos sempre o Luan Santana, independente de onde ele esteja”. Como algumas delas são menores de idade, seus pais sempre os conduzem nas exibições.

Sucessos como “Cê Topa?”, “Te Esperando” e “Escreve Aí” não passaram despercebidos pelo cantor. Mas o hit “Acordando o Prédio” não podia ficar de fora. Uma das músicas que já soma mais de 122 mil visualizações na plataforma do Youtube embalou todo o público do Km de Vantagens.