0
0
0
s2smodern

Por: Flávio Neto

A competição sub-15 entre grandes times do Brasil e do Japão organizada pelo Centro de Futebol Zico (CFZ), que aconteceu entre os dias 28 de agosto de 2 de setembro, trouxe a oportunidade para jovens que almejam uma carreira como profissionais de futebol, conhecerem um pouco da sensação de disputar um campeonato com jogadores de outros países e com culturas diferentes. Um dos destaques do time campeão foi o goleiro Caio Felipe que agarrou três pênaltis e ajudou o Fluminense a alcançar este título em cima do Botafogo.

A final teve seu início às 10h da manhã, com transmissão ao vivo do Facebook oficial do Zico. Conseguindo dominar o Botafogo no primeiro tempo, os guerreiros tricolores batalhavam pelo título da Copa da Amizade sobre um sol escaldante. A superioridade começou a dar resultado após uma roubada de bola do Miguel Silveira, que aplicou uma “meia-lua” e carregou até a linha de fundo para cruzar nos pés de Caique, abrindo o placar para o Fluminense.

O Botafogo lutou com todas suas forças para virar o jogo, ao lado de sua torcida que não abandonou o time em nenhum segundo. Contaminado por essa energia, o centroavante Mateus Nascimento, aos 26 do segundo tempo, driblou dois marcadores e sofreu uma falta perigosíssima perto da aérea. Jonas cobrou e o goleiro Caio Felipe executou uma defesa espetacular no ângulo, porém não foi capaz de defender o rebote no chute de Jonathan, que trouxe o alvinegro de volta para o jogo.

O 1x1 insistiu até o final da prorrogação e o Fluminense sagrou-se campeão nos pênaltis. O goleiro campeão Caio Felipe, contou para o JORNAL DA BARRA a sensação de defender três cobranças em uma final: “não é uma coisa fácil, mas a vivência do dia-dia, treinamento e o apoio da equipe me deixaram bem tranquilo”. O capitão do tricolor, Lucas Justen, comentou sobre a importância deste título para o grupo: “é uma experiência ótima por reunir times do Brasil e do Japão. É legal compartilhar desta competição com uma outra cultura”.