Fone: (21) 2042-2955 -  redacao@jornaldabarra.com.br

O caso Aldemir Bendine , ex-presidente da Petrobrás e ex-presidente do Banco do Brasil, receber U$$ 3 milhões da Oderbrechet, desafia qualquer política lógica. Como uma pessoa é nomeada como salvador da Petrobras para acabar com  a corrupção, acerta um esquema de propina com o principal pivô da confusão? É por isso que já há defensores no Brasil para que sejam adotadas as mesmas medidas de combate à corrupção do Peru: pelotão de fuzilamento!

O Prefeito Marcelo Crivella anda aborrecido com o desempenho de alguns colaboradores mais próximos, e já pensa em fazer ajustes na equipe. A área de transportes é uma que está na mira.

Página 13 de 14