0
0
0
s2smodern

O projeto de lei que proíbe a dupla função de motoristas nos ônibus foi aprovado nesta quinta-feira, dia 23, pela Câmara Municipal, num placar de 40 votos a 1. O texto ainda garante a volta dos cobradores aos coletivos. Agora, cabe ao Prefeito Marcelo Crivella decidir quando a lei entrará em vigor.

Em 7 junho,  o projeto já havia entrado em pauta e contou com muitos rodoviários nas dependências da Câmara, porém, a apresentação de um substitutivo retirou o projeto de pauta.

Já a Rio Ônibus, criticou ao resultado da proposta e emitiu uma nota oficial declarando que o volta dos cobradores é um retrocesso.

"A medida ignora que todos os ônibus do Rio têm bilhetagem eletrônica (a exemplo de outras grandes cidades do mundo) e que o Supremo Tribunal Federal (STF) já ratificou decisão do Tribunal Superior do Trabalho (TST) considerando as funções de motorista e cobrador compatíveis entre si".