0
0
0
s2smodern

Por Ive Ribeiro

O Prefeito Marcello Crivella sancionou a lei que torna irregular a dupla função de motorista e cobrador nos ônibus da cidade do Rio.

A determinação foi publicada no Diário Oficial nesta segunda-feira, dia 18, após a Câmara dos Vereadores aprovar, em novembro, o projeto de lei que impede que os motoristas de ônibus acumulem funções. O retorno dos cobradores também é garantido pela lei, mesmo em caso de veículos que circulam com o sistema de biometria.

Segundo a Prefeitura, o descumprimento da lei sujeitará a empresa infratora à retirada de circulação do veículo e, em caso de reincidência, à suspensão da permissão da linha em que o veículo circula. A RioÔnibus disse considerar a mudança na lei um retrocesso.

A lei é de autoria dos vereadores Reimont, Eduardão e Marcelo Arar.

Comunidade

CDD é o segundo local com mais tiroteio no Rio

A Região Metropolitana do Rio registrou 5 mil tiroteios em 2018, uma média de 25 casos por dia. As regiões mais afetadas foram a Praça Seca, com 211 registros, Cidade de Deus com 167, Vila Kennedy com 151, Complexo do Alemão com 118 e Rocinha com 111. Os dados são da plataforma de mapeamento Fogo Cruzado.