Fone: (21) 2042-2955 -  redacao@jornaldabarra.com.br

Pin It

Por Marcelo Perillier

A Praça Tim Maia, no Pontal, foi palco da cerimônia de inauguração do projeto Segurança Presente no Recreio. O bairro, o 18º a receber o programa, terá 54 oficiais, sendo 24 fixos e 30 para policiais que queiram trabalhar na folga, para auxiliar o 31º Batalhão da Polícia Militar na segurança da região.

A festividade contou, além das participações do governador Wilson Witzel, do secretário de governo Cleiton Rodrigues, do deputado estadual Carlo Caiado (DEM) e de Simone Kopezinski, presidente da Associação de Moradores do Recreio dos Bandeirantes (Amor), dos vereadores Marcello Siciliano (PHS) e Thiago K Ribeiro (MDB), do Coronel Martins, comandante do 31º BPM, do Coronel Figueiredo, secretário de Polícia Militar, do delegado William Pena, da 42ª DP, representando o delegado Marcus Vinícius Braga, secretário da Polícia Civil.

O Coronel João Carlos Mariano, comandante geral das operações do Segurança Presente, enalteceu as mudanças que o programa já fez desde o seu início: “o segurança presente é um programa de policiamento comunitário, exitoso, que busca e tem a convicção de reduzir todos os índices de criminalidade onde é implantado. O programa Segurança Presente estará com os senhores e, em nome dos nossos guerreiros, só tenho a agradecer a confiança depositada ao nosso governador e tenho a certeza de que teremos muito trabalho pela frente aqui no Recreio”.

O deputado Carlo Caiado, um dos entusiastas do programa tanto na Barra quanto no Recreio, relembrou como era a praça Tim Maia no início do século XXI: “estava relembrando com os moradores um fato bem parecido com hoje. Em 2002, na época da eleição do Cesar Maia, essa praça era toda ocupada. Na época trabalhava na subprefeitura e essa praça foi colocada de volta para a população, com o nome de Tim Maia.

Hoje, trazendo o Recreio Presente, a gente tem de volta essa esperança de que o Segurança Presente. E é muito importante deixar registro que ontem, por exemplo, defendemos em diálogos e discussões calorosas na Assembleia Legislativa o projeto do poder executivo, enviado pelo governador, criando o fundo estadual do Segurança Presente”. O governador Wilson Witzel mencionou como o Segurança Presente está mudando a realidade das pessoas, citando uma conversa que teve com um dos oficiais do Recreio Presente, que estava sem emprego há um ano: “os três jovens que estiveram no palco, o primeiro colocado me confidenciou que estava desemder público veio para ficar”.

Ele também ressaltou o trabalho da Assembleia em ajudar o governador no ordenamento do Segurança Presente no Estado, com a aprovação do projeto de lei que cria o Fundo Estadual do Segurança Presente, dizendo ser esta uma das melhores políticas de segurança já feita no Estado: “o programa Segurança Presente veio para ficar como uma das principais políticas públicas que vem se desenvolvendo em nosso Estado.

A Assembleia, acompanhando isso, deu recursos para o governo do estado, para ajudar a ampliar o programa e tem uma Frente Parlamentar em defesa do pregado. Serviu as forças armadas e tem no coração o sentimento de cidadania que tem todos nós, de defender o nosso país, a nossa família. Ele estava agradecendo a oportunidade de ter um emprego e fazer o que mais gosta: servir e proteger. Eu fiquei muito emocionado e, em seu nome, quero parabenizar todos vocês”.

A base do Recreio Presente funcionará diariamente, das 8h às 21h, e cobrirá toda a orla do Recreio e as ruas internas que ficam entre as estações Salvador Allende e Gláucio Gil do BRT. A equipe será integrada por PMs, agentes civis (egressos das Forças Armadas) e assistentes sociais.