Fone: (21) 2042-2955 -  redacao@jornaldabarra.com.br

Pin It

Nos dois últimos anos o paulista Murillo Coura foi o vice-campeão do ranking, antes, em sua estreia em 2017 foi o terceiro, mas agora está confiante, determinado e preparado para chegar ao inédito título no Rip Curl Grom Search 2020, que terá a etapa final nestes sábado e domingo (15 e 16), na Praia da Barra. O surfista de 12 anos chega com líder da categoria iniciante (sub-14) e animado por ter vencido nessa mesmo cenário da final no ano passado.

Em grande fase, ele é o atual campeão paulista sub12 e na abertura do Rip Curl Grom Search, em Garopaba, há menos de um mês, foi o vencedor, superando outros nomes de ponta da faixa etária. “Estou muito feliz com a minha vitória em Garopaba. Não foi fácil, mas deu certo. Estou confiante e focado para a Barra. Treinei bastante. Gosto muito das ondas de lá e tomara que se repita a vitória agora”, diz Murillo.

“Sei que esse Circuito representa bastante na minha carreira, porque o Gabriel (Medina) e o Filipinho (Toledo) já ganharam. Para um atleta da minha idade, conquistar este título é muito bom e faz toda a diferença no futuro. Quero muito essa conquista e vou para cima”, reforça o atleta, que já planeja seu futuro, começando justamente pelo Rip Curl Grom Search. “Quero ganhar agora e depois a sub16 e ir para a final internacional e seguir o que os brasileiros vem fazendo, até chegar ao grande título mundial, que o Gabriel, o Mineiro (Adriano de Souza) e o Italo (Ferreira) já comemoraram”, argumenta.

Nascido em São José dos Campos, interior de SP, Murillo começou no skate, mas ainda pequeno decidiu pelo surf e a família ‘abraçou’ o sonho mudando para o litoral, primeiro Ubatuba e depois Maresias, em São Sebastião, mesma praia que Medina mora. O surfista já mostra grande potencial e no Rip Curl Grom Search sempre chegou bem. Em 2017 terminou em terceiro na grommet.

No ano seguinte foi vice, com vitória do companheiro de treino, Guilherme Fernandes. Já na edição passada, repetiu o segundo lugar na sub12, com o título ficando com o paranaense Lukas Camargo. Também foi o quarto colocado na iniciante, disputa acima e que está hoje.

Na etapa inicial deste ano foi o vencedor, com o paranaense Ryan Coelho, com quem treina, sendo o segundo, o catarinense Takeshi Oyama o terceiro e o também paulista Kauã Campos, o quarto. Ryan, inclusive, foi um dos destaques da etapa de Garopaba, sendo o único a fazer duas finais, com o quarto lugar na mirim e chega como o grande rival na etapa final.

Últimas notícias