Fone: (21) 2042-2955 -  redacao@jornaldabarra.com.br

Pin It

Por: Ive Ribeiro

Impossível falar de sociedade civil organizada na Barra da Tijuca sem citar o Barra Alerta, entidade que há 29 anos lidera a luta pelas principais demandas da região. As grandes metas são o de organização e planejamento de serviços e obras de interesses da comunidade da 24ª Região Administrativa, que inclui Barra da Tijuca, Recreio dos Bandeirantes, Vargem Grande, Vargem Pequena, Grumari, Camorim, Itanhangá e Joá. A ação da associação é também a integração entre comunidade e poder público, com o objetivo de melhorar a qualidade de vida dos moradores.

Mas há um quesito em que o Barra Alerta se destaca: na segurança. A entidade cumpre o papel de ser um verdadeiro fiscal de como o poder público deve agir para proteger os cidadãos da Barra da Tijuca, tendo o trabalho tão reconhecido a ponto de inspirar novos grupos, como a Associação Comunitária Barra Segura (ACBS), que atualmente presta um serviço de monitoramento através de câmeras de fiscalização para o nosso bairro.

Para o presidente Mauro Guimarães, que fez carreira como comandante da Marinha, o maior mérito do Barra Alerta é o de ser uma associação sem vaidades, em que os interesses da comunidade estão sempre em primeiro lugar. Mauro era vice de Kléber Machado, de quem ele era amigo de velha data. O atual presidente, inclusive, atribui ao eterno presidente, que faleceu aos 90 anos em dezembro de 2017, a relevância que a instituição carrega ao longo dos anos: “eu sempre digo e repito: seria loucura prometer substituir o Kleber. Não existe ninguém como ele, sem falar que ele era advogado, então tinha muita experiência com os regulamentos internos da instituição, além de ser muito sério. A vida dele era lutar pelo o Barra Alerta”. 

“A alma do Barra Alerta”

Além do respeito do atual presidente, Kléber Machado é reconhecido popularmente como um dos cidadãos que mais contribuíram para a Barra da Tijuca ser um exemplo de união entre sociedades como é hoje. Prova disso é que o Barra Alerta, hoje, divide o espaço com a Associação Comercial e Industrial da Barrinha (AciBarrinha), numa iniciativa que visava equilibrar os custos e economizar recursos para as duas associações.

Mas foi na defesa pela segurança da Barra que Kléber Machado sempre se destacou. Responsável por benfeitorias nas 16 e 42ª DP’s, além de contribuição pela vida da OAB Barra da Tijuca, Kléber deixou um legado de mão amiga: “em muitos fóruns de segurança pública realizados pela Associação Comercial e Industrial do Recreio, o Alfredo Lopes (presidente da associação), que é muito ocupado, pediu ajuda do Kléber para organizar”, revela o presidente Mauro.

Inclusive, vitórias recentes na Barra da Tijuca tiveram início com Kléber Machado enquanto presidente do Barra Alerta, como é o caso do Segurança Presente, que chega na região chamado de Barra Presente, como relata Mauro: “esse foi um pedido nosso há cerca de dez anos, mas na época faltavam recursos para que o projeto fosse para frente. Hoje, parabenizo a Associação Comercial e Industria da Barra (AciBarra) por essa vitória, assim como a Carvalho Hosken e a Multiplan pelo investimento”.

Mauro trata o antecessor e amigo como a “alma do Barra Alerta”, para o restante da região a figura de Kléber é também uma ponte entre os interesses da sociedade com o poder público. Não à toa, o Deputado Estadual Carlo Caiado, à época vereador, teve seu pedido atendido em 2018 e o Downtown realizou uma homenagem, batizando a passarela que liga o shopping ao metrô de Jardim Oceânico com o nome de Kléber Machado. Uma prova concreta e palpável de que a Barra não esquece de quem luta por ela.