A disputa pelo título no carnaval do Rio será quente

A disputa pelo título no carnaval do Rio será quente, bem quente. Não apenas pelo calor da cidade nesta época do ano, mas também pelas apresentações das 13 escolas na Marquês de Sapucaí. 

Assim como no grupo A, as agremiações do grupo Especial também fizeram suas críticas políticas e sociais em seus desfiles. A Mangueira, por exemplo, abriu sua apresentação com uma faixa pedindo respeito às religiosidades. Já a São Clemente fez a releitura do “Conto do Vigário”, uma sátira bem irreverente à malandragem brasileira. 

Um dos autores do samba irreverente a amarelo e preto, Marcelo Adnet comentou a sensação de montar um carnaval do início ao fim: “foi um carnaval maravilhoso. Foram nove meses se preparando para isso. Praticamente uma gestação. Estou muito feliz por abrir um espaço na minha vida para isso e já estou dentro do samba e nunca mais vou sair. E, claro, o bebê nasceu bem e saudável”. 

Outro ícone do carnaval – e também da comédia – Eri Johnson, mais uma vez, desfilou pela sua escola do coração: Salgueiro. Abrindo a apresentação da vermelho e branco da Tijuca, Eri se mostrou confiante no título: “o Salgueiro vem, como todos os anos, com muito amor no coração, com muita alegria e o resultado é sempre inesperado, mas, o mais importante, é a gente mostrar o que é o Salgueiro”. 

Outro torcedor do Salgueiro presente na avenida, o senador Romário (Podemos) também mostrou confiança na escola tijucana e elogiou o a reforma feita no Sambódromo: ”vim aqui desde sexta-feira. Gosto muito, curto bastante e hoje é uma noite muito especial, pois a Salgueiro vai desfilar e será a futura campeã. O Sambódromo está muito bom, não tenho ouvido nenhuma reclamação e parece que os problemas de antes resolveram”. 

Já o casal Rodrigo Simas e Agatha Moreira ressaltou a importância cultural da festa, que é única em todo o mundo. Agatha desfilou no domingo (23) pela Grande Rio e curtiu a folia ao lado do namorado na segunda-feira (24). 

Desfilaram no domingo Estácio de Sá, Viradouro, Mangueira, Paraíso do Tuiuti, Grande Rio, União da Ilha e Portela. Na segunda-feira, São Clemente, Vila Isabel, Salgueiro, Unidos da Tijuca, Mocidade e Beija-Flor.

Viradouro, Mangueira e Grande Rio foram os destaques do primeiro dia, enquanto Vila Isabel, Salgueiro e Beija-Flor foram no segundo. União da Ilha, que deve problemas com dois carros, além de ter estourado o tempo limite de desfile, é uma forte candidata a cair para o grupo A. 

Compartilhe