Us + Them terá registro oficial

Está confirmada para 16 de junho a estreia mundial de “Roger Waters: Us + Them”, documentário oficial da aclamada e polêmica turnê de 2017-2018 do ex-líder do Pink Floyd. O filme chegará ao mercado nos formatos 4K, HD e SD Digital e os espectadores do formato digital terão acesso a conteúdo totalmente novo, incluindo duas músicas adicionais não incluídas no original (“Comfortably Numb” e “Smell the Roses”), além do curta “A Fleeting Glimpse”, um mini-documentário com foco nos bastidores da turnê que, ao longo de 156 shows, foi vista por um total de 2,3 milhões de pessoas em todo o mundo.

“Us + Them” apresenta todo o vigor da obra de Roger Waters tanto em sua fase como baixista, vocalista e letrista durante a fase mais criativa do Pink Floyd quanto de sua trajetória solo na qual o artista ergue bandeiras preciosas nos dias de hoje como mensagens de direitos humanos, liberdades civis e, obviamente, de amor. No repertório, clássicos floydianos dos álbuns “The Dark Side of the Moon”, “The Wall”, “Animals” e “Wish You Were Here”, assim como de seu álbum mais recente, “Is This The Life We Really Want?” A direção conjunta de Sean Evans e Roger Waters é um registro pulsante que capta com precisão a atmosfera das apresentações ao vivo do músico. Waters demonstra, sem pudores, ser um dos principais ativistas políticos da atualidade, um artista que não teme se expor e, até mesmo, perder parte dos fãs como aconteceu durante a turnê brasileira, de “Us + Them”, em outubro de 2018, quando criticou abertamente o então candidato presidencial Jair Bolsonaro incluindo-o no rol de líderes políticos alinhados a práticas de cunho autoritário. Os shows realizados em Porto Alegre, Curitiba, Rio, Belo Horizonte, Salvador, Brasília e São Paulo - todos realizados no auge da campanha eleitoral foram marcados foram marcados por grandes manifestações de simpatizantes e opositores do presidenciável.

Mas como não basta ao artista apenas discursar, Roger Waters passa sua mensagem através de canções como “Welcome to the Machine” e “Another Brick in the Wall Part II”, dois alertas proféticos sobre tempos de alienação, ganância, sofrimento, destruição e perda. Mas o compositor sempre traz à luz mensagens de esperança tendo o amor ao próximo como ferramente de mudanças positivas na humanidade.

Compartilhe

Mais Lidos