HOT NEWS
Pin It

Com intuito de alertar a população, a campanha do Setembro Amarelo vem para informar e conscientizar os brasileiros sobre o suicídio. São mais de 800 mil casos por ano no mundo, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) e no Brasil, o número chega a 11 mil ocorrências, de acordo com o último levantamento do Ministério da Saúde em 2017.


A campanha foi criada em 2015 em uma parceria do Ministério da Saúde e do Centro de Valorização da Vida (CVV) e desde então faz diferentes ações para expandir o assunto e dar suporte para a população. A psicóloga, especialista em Saúde Mental, Neuropsicologia e Neurociência, Kelli Rodrigues alerta: "precisamos orientar sobre a necessidade de um tratamento especializado em pensamento suicida porque a cura só acontece através de cuidados com profissionais especializados, como psicólogos e médicos psiquiatras."


Além disso, Kelli diz que é preciso acabar com o tabu e com o estigma que o assunto carrega e que sim, é importante conversar: "é necessário informar sobre os sintomas e sobre a perspectiva da cura. O que não deve ser feito é divulgar casos e como o ato ocorre", afirma a psicóloga.


Kelli Rodrigues é coordenadora geral do Projeto Paróquia Solidária que atua especificamente na favela do Rio das Pedras, além de ter a Clínica Psicologia. Você, que atende 24h que fica localizada na Av. Evandro Lins e Silva, 840 - Sala 614 e 621, Barra da Tijuca. Para outras informações entrar em contato pelos telefones (21) 2178-2275, (21) 2178-2481 e (21) 98200-5000.

Centro de Atenção Psicossocial (CAPS)

Os CAPS são unidades especializadas em saúde mental para tratamento e reinserção social de pessoas com transtorno mental grave e persistente. Os centros oferecem um atendimento composto por uma equipe que reúne médicos, assistentes sociais, psicólogos, psiquiatras, entre outros especialistas.


O encaminhamento para os CAPS pode ser realizado por livre e espontânea vontade, por intermédio de uma unidade de atenção primária, por indicação da assistência social ou por ordem judicial. O tratamento pode ser feito de forma individualizada ou coletiva, através de oficinas e grupos terapêuticos.


Os CAPS funcionam de segunda a sexta, com atendimento das 8h às 17h.

CAPS II Manoel de Barros
Área de atendimento: Barra, Recreio, Vargem Grande, Vargem Pequena, Curicica
e Camorim (AP 4.0)
Avenida Sampaio Correia, s/nº – Taquara
Tel.: 3412-8219

CAPS III Arthur Bispo do Rosário
Área de atendimento: Jacarepaguá (AP 4.0)
Estrada Rodrigues Caldas, 3900 – Taquara, Jacarepaguá
Tel.: 2456-7537 / 341-5608 / 3412-5619

CAPSi II Eliza Santa Roza
Área de atendimento: Barra e Jacarepaguá (AP 4.0)
Rua Sampaio Corrêa, 105, Taquara – Jacarepaguá
Tel.: 3412-5601 / 3412-5605

CAPSad III Antônio Carlos Mussum / UAA Cacildis
Área de atendimento: Barra e Jacarepaguá (AP 4.0)
Rua Sampaio Corrêa, s/nº – Taquara, Jacarepaguá
Tel.: 3523-8546

Contatos

- Centro de Valorização da Vida (CVV): 188 (ligação gratuita) ou pelo skype (www.cvv.org.br)
- Emergências: SAMU 192, Hospitais e Pronto Socorro
- Centro de Atenção Psicossocial (CAPS)
- Unidade de Pronto Atendimento (UPA)