A Cidade do Samba recebe nesta sexta-feira, dia 10 de dezembro, a primeira etapa do concurso que vai eleger a Corte Real do Carnaval 2022. A partir das 18h, a Comissão Julgadora vai selecionar as seis finalistas a Rainha e Princesas da disputa, cuja grande final acontece no dia 07 de janeiro. 

Essa é mais uma etapa do processo de planejamento da cidade para o carnaval, desde que o cenário epidemiológico da pandemia da Covid-19 e as determinações dos órgãos competentes no combate à doença sejam favoráveis à realização da festa.

Ao todo, a Prefeitura do Rio, por meio da Riotur, recebeu 11 candidaturas para o posto de Rainha do Carnaval carioca. As segunda e terceira colocadas serão eleitas princesas na etapa final da disputa. A semifinal masculina, com 14 concorrentes, vai escolher na próxima sexta-feira, dia 17 de dezembro, os 4 finalistas a Rei Momo 1º e Único. 

As inscrições foram encerradas no dia 30 de novembro. As etapas de seleção são abertas ao público e têm entrada gratuita. A final, com a coroação dos selecionados após voto popular e dos jurados, está prevista para acontecer no dia 07 de janeiro.

O secretário de Educação, Renan Ferreirinha, anunciou nesta quinta-feira (04/11) uma parceria histórica entre a Prefeitura e a Bienal do Livro, que vai permitir a participação gratuita no evento de 40.700 alunos da rede municipal de ensino, além de professores e servidores da educação.  A XX Bienal Internacional do Livro, que integra o Calendário Oficial da cidade, será realizada entre os dias 3 e 12 de dezembro, no Riocentro, com atividades presenciais e virtuais.

– A Bienal é o quarto maior evento da cidade do Rio de Janeiro, só perde pro Ano Novo, Carnaval e Rock in Rio. Para a gente, da Educação, é o mais importante de todos, disparado. Um espaço, não só de sonhar, mas de realizações – declarou o secretário, durante entrevista coletiva de lançamento do evento, no Hotel Fairmont, em Copacabana.

De acordo com Ferreirinha, este é um momento muito especial, não só pela volta da Bienal como grande parceira da Educação, mas com a maior parceria na história entre a Prefeitura e a Bienal.

 – Isso para a gente é muito simbólico. Nossos alunos, nossos profissionais e nossas escolas precisam ter todo o nosso amparo – destacou.

 A Secretaria Municipal de Educação (SME) vai disponibilizar para os alunos da rede de ensino uma estrutura necessária de transporte e alimentação.  Os 47.591 professores e servidores da educação na ativa que desejarem participar do evento deverão fazer um cadastramento prévio para ter direito à gratuidade.

O secretário informou ainda que cada aluno receberá R$ 20 para comprar livros na Bienal. Já os professores e servidores da educação cadastrados receberão R$ 200. Também serão disponibilizados, às 1.561 unidades administrativas (escolas, creches e núcleos de extensão) que compõem a rede municipal de ensino, valores que variam de R$ 1.000 a R$1.600 para a aquisição de livros para o acervo de cada unidade. Ao todo, mais de R$ 12 milhões estão sendo destinados à ação da SME.

– A gente precisa entender que o tempo de trevas ficou pra trás. E fiquem tranquilos, que essa Bienal será 100% ‘descrivellizada’.  A gente vai ter a Bienal representando cultura, diversidade e educação, porque isso é a cara do Rio de Janeiro – concluiu Ferreirinha.

Também participaram do evento o presidente do Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL), Marcos da Veiga; a diretora da Bienal, Tatiana Zaccaro; e a fundadora do Projeto Mundo da Lua, a estudante Raíssa Luara, a “Lua”.

– Quero agradecer à Prefeitura e ao secretário Ferreirinha porque, desde o primeiro momento, sempre abraçaram esse projeto da Bienal – disse Marcos da Veiga.

A Secretaria de Educação também contará com um estande de 100 m² para apresentar suas iniciativas ao público durante o evento.

A Prefeitura do Rio anunciou na última quinta-feira (23/12), em coletiva no Centro de Operações Rio (COR), o detalhamento da operação da festa do Réveillon na cidade. O planejamento seguiu as recomendações do Comitê Científico do município e tem como objetivo garantir a comemoração na virada de ano, com queima de fogos em dez pontos espalhados pela cidade, buscando evitar a necessidade de grandes deslocamentos por parte da população.

– Queremos celebrar a passagem de ano de forma tranquila, segura e organizada. Tivemos uma reunião do Comitê Científico que confirmou a realização do Réveillon da forma apresentada pela Prefeitura. Também tivemos a autorização do Comitê Científico do governo do estado. Estamos fazendo de tudo para não incentivar grandes deslocamentos e grandes aglomerações – afirmou o prefeito do Rio, Eduardo Paes.

A Prefeitura recomenda aos cariocas que escolham os pontos mais próximos de casa para assistir à festa, evitando deslocamentos desnecessários. É importante ressaltar que é obrigatória a apresentação do comprovante de vacinação em bares, restaurantes e hotéis. É recomendado evitar aglomerações e usar máscara em ambientes fechados e com pouca circulação de ar.

Principal ponto do Réveillon carioca, Copacabana terá balsas na orla, garantindo 16 minutos de foguetório, e torres de som para tocar música ambiente e fazer a contagem regressiva. No entanto, haverá diversas restrições para chegar e sair do bairro: às 19h haverá bloqueio de veículos automotores (exceto automóveis de uso pessoal ou táxis com passageiros com comprovante de trabalho, residência ou hospedagem); às 20h começa o bloqueio de transporte público (ônibus e metrô); e às 22h o bloqueio será total.

– Copacabana tem tratamento especial por ser o grande local de comemoração na cidade. O Réveillon de Copacabana é mostrado nas televisões de todo o mundo. Vai ser uma linda festa de virada de ano e espero que nos inspire e traga esperança. Que 2022 seja um ano melhor – declarou o prefeito do Rio.

 

CONFIRA O PLANEJAMENTO DE CADA ÓRGÃO DA PREFEITURA

 

RIOTUR

A Riotur apresentará queimas de fogos em dez pontos da cidade em substituição aos palcos com shows previstos anteriormente.

Copacabana dez balsas

Flamengo – três balsas

Barra da Tijuca e Recreio, em convênio com a ABIH.

 

Os demais bairros contemplados com shows pirotécnicos são: 

 

Sepetiba – Praia de Sepetiba próximo ao número 1.500

 

Piscinão de Ramos –  Av. Brasil 8.666 (Colônia de Pescadores Z11)

 

Penha – Igreja da Penha ( Largo da Penha 19)

 

Ilha do Governador – Praia da Bica – Praça Jerusalém 33 – Esporte Clube Jardim Guanabara

 

Madureira – Parque de Madureira (Ruas Soares Caldeira 115)

 

Bangu – Estádio Moça Bonita (Rua Sul América 950)

 

 

Copacabana

 

Ao longo da Avenida Atlântica, 25 torres de som reproduzirão música lounge, que será a trilha sonora do Réveillon, sob a curadoria do DJ MAM. A transmissão será ao vivo pelo YouTube da Riotur, das 20h do dia 31 até 1h da manhã do dia 1º. A apresentação do DJ não será em palco na praia, ele estará em local fechado e somente poderá ser visto pelo YouTube.

A empresa organizadora do evento em Copacabana é a responsável pela montagem e desmontagem de toda a infraestrutura necessária, sonorização, iluminação, banheiros químicos, montagem de postos médicos, entre outras exigências.

Mulher Segura

 

Diferentes mobiliários públicos utilizados no Réveillon, como torres de som e das polícias, assim como os banheiros químicos distribuídos pela cidade, terão QR Codes com informações que possam ajudar mulheres vítimas de assédio ou qualquer tipo de violência. A ação é uma campanha da Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Mulher (SPM-RIO).

 

SECRETARIA DE SAÚDE

A SMS-Rio contará com uma estrutura com três postos médicos equipados e preparados para o atendimento a casos de urgência e emergência. Durante a tarde do dia 31, as unidades funcionarão como pontos de vacinação (de meio-dia às 17h) contra a Covid-19 e à noite para a assistência aos pacientes que apresentarem situações de urgência (17h30 às 4h).

Os postos estarão localizados na Avenida Atlântica, na altura das ruas Princesa Isabel e República do Peru e da Praça do Lido, e serão preparados com recursos assistenciais para eventos com múltiplas vítimas. Cada posto terá área física em torno de 200 metros quadrados, leitos clínicos e outros com suporte avançado (com respirador, monitor, etc) e poltronas de hidratação, além de equipamentos, instrumentos e medicamentos para o atendimento de emergência.

A equipe assistencial contará com 28 médicos, 18 enfermeiros, 33 técnicos de enfermagem, além de 20 funcionários operacionais/administrativos, e mais 30 duplas de maqueiros para auxiliar as pessoas que precisarem a se deslocarem da pista/areia aos postos médicos. Para os casos mais graves, que necessitem de remoção para UPAs ou hospitais, haverá 30 ambulâncias com suporte de UTI móvel, disponibilizadas pela SMS-Rio e pela Riotur, e com equipes próprias (médicos, enfermeiros e motoristas). Desta forma, entre fixos nos postos e embarcados nas ambulâncias, serão ao todo 249 profissionais envolvidos na operação (incluindo 58 médicos e 48 enfermeiros), fora as equipes de vacinação.

 

COMLURB

A Comlurb preparou uma megaoperação de limpeza para o Réveillon. Serão aproximadamente 5 mil garis distribuídos nos dez pontos de festejo, que vão trabalhar com o apoio de 181 caminhões, entre compactadores e basculantes, 18 pipas d ́água para lavagem das vias com água de reuso e mais 31 equipamentos, como pás mecânicas, mini pás  e tratores de praia.

A Comlurb vai atuar em todos os pontos de queima de fogos. No dia 31, será realizada a pré-limpeza, com ações em toda a extensão da Av. Atlântica, incluindo o calçadão dos prédios, a faixa de areia, as pistas (em caso de bloqueio das mesmas) e as vias de acesso. Serão 432 garis, em setores internos e na areia, e mais 12 nos quatro postos médicos, que trabalharão com apoio de 15 caminhões compactadores.

A preocupação com a sustentabilidade, marca do trabalho da Companhia nos grandes eventos, vai se repetir neste Réveillon. Além dos funcionários atuando apenas na coleta seletiva, serão colocadas quatro tendas para receber os materiais potencialmente recicláveis, nos seguintes pontos: entre as Ruas Francisco Sá e Souza Lima, em frente à Rua Bolívar, em frente à Rua Rodolfo Dantas, e em frente à Rua Anchieta.

 

CET-RIO

A CET-Rio montou esquema especial de tráfego para toda a região de Copacabana e adjacências a partir do dia 30 de dezembro. O órgão atuará com 130 homens, 23 motocicletas e 20 viaturas operacionais, que trabalharão para manter a fluidez do trânsito, coibir o estacionamento irregular, ordenar os cruzamentos, orientar pedestres e efetuar os bloqueios necessários. Também serão utilizados 12 painéis de mensagens variáveis que informarão sobre as alterações no trânsito, os horários e locais dos bloqueios, as restrições de estacionamento, além das condições do tráfego. O COR fará o monitoramento de toda a região impactada pelo evento.

 

CONTROLE DE ACESSO NA CIDADE E CIRCULAÇÃO

A partir 0h do dia 30/12/21:

Proibição de entrada de fretados na cidade. Três pontos de bloqueios e fiscalização.

A partir das 18h dia 30/12/21:

Proibição de estacionamento na orla de Copacabana e seus acessos. Menos 1900 vagas em Copacabana.

 

PRINCIPAIS INTERDIÇÕES / ALTERAÇÕES NO TRÂNSITO

 

A partir das 7h do dia 31/12/2021:

 

Bloqueio da pista da Av. Atlântica junto à orla para implantação da área de lazer, como ocorre aos domingos e feriados, incluindo, ainda, a pista da orla no trecho do Leme;

 

Inversão da mão de direção na Av. Atlântica na pista junto às edificações, também como ocorre aos domingos e feriados.

 

 

A partir das 15h do dia 31/12/2021:

 

Interdição total da Av. Atlântica, incluindo a pista junto às edificações.

 

 

A partir das 19h do dia 31/12/2021:

 

Bloqueio dos acessos para veículos automotores a Copacabana: Ipanema, Lagoa (Corte de Cantagalo), Túnel Velho e Enseada de Botafogo.

 

Exceto automóveis particulares, ou taxis, com passageiros com comprovante de trabalho, residência, ou hospedagem.

 

A partir das 20h do dia 31/12/2021

 

Bloqueio de transporte público – ônibus e metrô

 

 

A partir das 22h do dia 31/12/2021:

Bloqueio total de acesso

Fechamento total dos acessos a Copacabana para todos os tipos de veículos automotores, inclusive moradores, trabalhadores e hóspedes.

 

 

INTERDIÇÕES ADICIONAIS

 

 

Aterro do Flamengo

 

A partir das 22h do dia 31/12/2021

Bloqueio da Av. Infante Dom Henrique (Aterro) para implantação da área de lazer, como ocorre aos domingos e feriados.

 

 

Recomendações importantes

 

Respeitar os locais de proibição de estacionamento, observando toda sinalização implantada na região.

Os motoristas devem, sempre que possível, evitar circular pelos bairros e vias onde ocorrerão os bloqueios dos acessos a Copacabana, Ipanema (principalmente na Rua Bulhões de Carvalho), Lagoa (altura do Corte do Cantagalo) e Botafogo (região das ruas Real Grandeza, Rua da Passagem, Lauro Muller e Túnel do Pasmado), procurando rotas alternativas para seus trajetos;

Observar e seguir as orientações dos Agentes de trânsito que estarão atuando na região.

 

 

SECRETARIA DE TRANSPORTES

 

A SMTR montou um esquema especial para a operação dos ônibus na Zona Sul, Barra da Tijuca e Recreio dos Bandeirantes na noite de Réveillon. A partir das 20h, estará proibida a circulação de ônibus em todo o bairro de Copacabana.

 

Mudança de itinerário das linhas que passam por Copacabana, a partir das 20h:

As linhas com destino a Copacabana irão somente até o bairro de Botafogo, retornando às suas origens pelas Ruas São Clemente, Real Grandeza e Voluntários da Pátria. São elas: 415(Muda/Usina), 455 (Méier), 457(Abolição), 472 (Triagem), 474 (Jacaré), 483 (Penha), 485 (Penha), Troncal 1(Central). Além disso, a linha Troncal 4(Rodoviária x São Conrado) terá itinerário encurtado em Botafogo.

 

As linhas que passam por Copacabana com destino a outros bairros serão desviadas pela Lagoa Rodrigo de Freitas. São elas: 426 (Usina – Jardim de Alah), 432 (Vila Isabel – Gávea) e Troncal 6(Rodoviária – Jardim de Alah).

As linhas que passam por Ipanema com destino final a Copacabana farão retorno para seus locais de origem pelas ruas Visconde de Pirajá, Bulhões de Carvalho e  Avenida Rainha Elizabeth, seguindo pela Rua Prudente de Morais. São elas: 539 (Ipanema – Rocinha (via Estrada da Gávea), 557 (Ipanema – Rio das Pedras), Integrada 2 (Ipanema – Alvorada (Avenida Lúcio Costa), Integrada 6(Ipanema – Cidade de Deus (via Itanhangá), Integrada 8 (Ipanema – Recreio (via Lagoa-Barra/Av. das Américas), Integrada 9  (Ipanema – Piabas (via Av. Niemeyer/Av. Benvindo de Novaes).

Mudança de itinerário das linhas que passam pela Barra da Tijuca e  Recreio dos Bandeirantes, a partir das 20h:

 

Barra da Tijuca

 

Todas as linhas que trafegam pela Avenida Lúcio Costa em ambos os sentidos serão desviadas para a Avenida das Américas.

 

Recreio dos Bandeirantes

 

As linhas que circulam pela Avenida Lúcio Costa seguirão pela Avenida Guiomar Novaes para acessar a Avenida das Américas.

 

Outras regiões

 

As demais regiões com previsão de queima de fogos não terão esquema especial de fechamento viário e, portanto, não haverá alteração de itinerários dos ônibus.

 

 

Funcionamento do BRT no dia 31 de dezembro

A operação seguirá a grade horária utilizada aos sábados. Às 20h cessará o embarque de passageiros em todos os corredores do BRT sentido Barra da Tijuca (Terminal Alvorada e Terminal Jardim Oceânico). Entre às 20h até a 00h do dia 31 só funcionará o sentido saída dos serviços da Barra da Tijuca em direção à Zona Oeste (TransOeste), Zona Norte (TransCarioca), e TransOlímpica.

Serviço Linha 17 (Corredor Cesário de Melo), funcionamento normal até às 00h. Serviços Eventuais SE01 e S03 não funcionarão no dia 31.
A operação de todos os serviços BRT será retomada às 4h do dia 1º de janeiro, seguindo a grade de horário utilizada aos domingos. Todas as linhas, horários e estações podem ser consultados no site do BRT.

 

Funcionamento do Metrô

Estações abertas apenas até às 20H do dia 31/12/21. Retorno da operação 7h do dia 1/1/22

Sexta-feira (31/12): das 5h às 20h, com transferência entre as linhas 1 e 2 nas estações do trecho compartilhado (entre Botafogo e Central)

Sábado (01/01) e domingo (02/01): das 7h às 23h, com transferência entre as linhas 1 e 2 na estação Estácio

 

SECRETARIA DE ORDEM PÚBLICA

A Seop montou esquema operacional com 3.048 agentes (entre guardas municipais e agentes de órgãos vinculados à secretaria) para o Réveillon. A operação terá início no dia 29 de dezembro com ações preventivas de ordenamento na orla para coibir desordens, como o comércio ambulante irregular, o depósito de mercadorias na areia e o estacionamento em local proibido.

Ao todo, 87 reboques vão auxiliar as equipes durante a restrição de estacionamento na orla de Copacabana e na fiscalização de irregularidades de trânsito nas vias do entorno.

Além disso, três pontos de bloqueio serão montados em pontos estratégicos para evitar a entrada de ônibus fretados na cidade, que estarão proibidos a partir da zero hora do dia 30.

A Guarda Municipal vai atuar com efetivo de 2.238 agentes.

Serão montadas duas bases avançadas operacionais na Avenida Atlântica, na altura do Cantão do Leme, e na Rua Barão de Ipanema, para dar apoio ao efetivo. As bases funcionarão do dia 29 de dezembro até o dia 1º de janeiro. No dia 31, a operação também vai contar com apoio de 71 viaturas, entre carros e motos, sendo sete do programa Rio+Seguro; e cinco tendas operacionais que estarão posicionadas em pontos estratégicos na areia da Praia de Copacabana.

Os agentes atuarão com pistolas de eletrochoque incapacitantes, rádios de transmissão, além de smartphones utilizados para a comunicação entre as equipes que estarão patrulhando a orla e as ruas internas do bairro. O Centro de Comando e Controle Móvel ficará estacionado na Avenida Atlântica, esquina com a Rua República do Peru, ligado ao Núcleo de Videopatrulhamento com acesso às câmeras da Prefeitura.

Ações de controle e fiscalização de trânsito

Do total do efetivo, 491 guardas vão atuar exclusivamente no controle e na fiscalização do trânsito. As equipes do Grupamento Especial de Trânsito farão a implantação e o monitoramento dos pontos de bloqueio de acordo com planejamento feito pela CET-Rio. Para realizar as ações de trânsito, as equipes terão o suporte de rádios transmissores e smartphones para o contato direto com o COR, permitindo a comunicação imediata em situações de emergência ou em relação a mudanças de sinalização, priorizando a fluidez e a escoação do público ao término do evento.

Quiosques na orla da cidade

Os quiosques estão autorizados a funcionarem no Réveillon pela cidade. No entanto, não está permitido o fechamento do espaço público por meio de cercados. A Seop atuará na fiscalização.

A Prefeitura do Rio, por meio da Riotur, anuncia e divulga nesta terça-feira, 26 de outubro, as propostas vencedoras dos Cadernos de Encargos do Carnaval 2022. Essa é mais uma etapa do processo de planejamento da cidade para o evento, desde que o cenário epidemiológico da pandemia da Covid-19 e as determinações dos órgãos competentes no combate à doença sejam favoráveis à realização da festa.

Para produção e implementação de infraestrutura de suporte aos desfiles dos blocos de rua do Carnaval 2022, a empresa Dream Factory Comunicação e Eventos S.A foi a única a entregar proposta, com o patrocínio da Ambev no valor de R$ 38.900.000,00 (trinta e oito milhões e novecentos mil reais).

A nova versão do Caderno de Encargos traz novidades que possibilitarão que a cidade viva os dias de carnaval com mais fluidez, tanto para aqueles que aproveitarem a festa, quanto para os que não, num trabalho conjunto com diversos órgãos públicos.

A acessibilidade estará presente no aplicativo que será criado com toda a programação do Carnaval do Rio 2022, de maneira a atender diferentes necessidades, com recursos como Libras, descrição de imagens e conversor de conteúdo escrito para áudio, entre outros. A ação é uma parceria da Riotur com a Secretaria Municipal de Pessoa com Deficiência (SMPD). Em toda a cidade, 10% de todos os banheiros serão acessíveis a pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, conforme determina a Lei Federal 10.098/2000.

Numa iniciativa da Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Mulher (SPM-RIO) em parceria com a Riotur, QR Codes com informações que possam ajudar mulheres vítimas de assédio ou qualquer tipo de violência estarão destacados nos banheiros químicos e outros mobiliários públicos, e serão distribuídos aos foliões, assim como tatuagens temporárias e adesivos com o tema da campanha de combate ao assédio.

Desfiles da Estrada Intendente Magalhães

Para os desfiles de blocos carnavalescos e escolas de samba do Carnaval da Estrada Intendente Magalhães, a empresa Backstage Rio Empreendimentos e Produções Artísticas e Culturais Ltda foi declarada habilitada pela Riotur para a organização da festa. O prazo para que a empresa apresente a Carta de Patrocínio foi estendido em 30 dias.

Os resultados dos dois Cadernos de Encargos foram publicados na edição desta terça-feira (26/10) no Diário Oficial do município, e também estão disponíveis no site da Riotur, na aba “Editais e Avisos”.