Fone: (21) 2042-2955 -  redacao@jornaldabarra.com.br

Pin It

Por Ive Ribeiro

Prestes a disputar o campeonato mundial de jiu-jitsu em Long Beach, na Califórnia, Estados Unidos, o faixa preta Ygor Rodrigues conversou com o JORNAL DA BARRA e falou sobre sua trajetória no esporte, desde o início dos treinamentos com o pai, os títulos e o projeto social de qual ele faz parte em Rio das Pedras. De pai para filho, o campeão vai tentar conquistar o mundo.

Em 2019, Ygor ficou em primeiro lugar em três importantes campeonatos para faixas preta:

no Rio Fall Open IBJJF, Rio Fall Open No GI IBJJF e no Campeonato Brasileiro CBJJ, disputado em maio . Muito para quem, há 15 anos atrás não começou tão animado assim: "comecei a treinar com 6 anos, com o meu pai. Eu não gostava muito, foi meio difícil no começo, mas com incentivo da família comecei a treinar e fui me apaixonando pelo esporte cada vez mais", revela.

E a paixão virou estilo de vida. Agora, aos 21 anos, Ygor encara o principal desafio de sua vida. Ele vai tentar conquistar o campeonato mundial da modalidade, que começa nesta sexta-feira (31), em Long Beach, na Califórnia, Estados Unidos. Ele revela que a união da equipe de Rio das Pedras será fundamental para conquistar o grande sonho: "todo treinamento está sendo feito com o meu time. Estamos na reta final agora. Meu objetivo é dar o meu melhor, conseguir lutar na minha melhor versão e conquistar o título mundial na faixa preta".

Projeto em Rio das Pedras forma atletas e campeões

Esportivamente, os grandes feitos de Ygor são no tatame, mas no âmbito social outras batalhas estão sendo vencidas. Isso porque seu pai, Márcio Rodrigues, além de fundamental em seu treinamento, ministra aulas para crianças de Rio das Pedras: "o objetivo é tirar as crianças das ruas, formar grandes atletas e pessoas", explica.

O projeto social não conta com nenhuma ajuda governamental, e fica localizado na Rua Armastrong, 33A.