Fone: (21) 2042-2955 -  redacao@jornaldabarra.com.br

Pin It

Aos 74 anos de idade, Eurico Miranda morreu no início da tarde desta quinta-feira (12), em hospital na Barra da Tijuca. O mais representativo presidente do Vasco da Gama da história e atual presidente do Conselho de Beneméritos do clube deixa quatro filhos.

Eurico lutava contra um câncer no cérebro e há alguns meses já tinha em sua residência uma UTI com assistência de enfermeiros e familiares 24 horas por dia. Seu estado de saúde se agravou e ele já não se alimentava mais sozinho.

Na manhã desta terça, uma ambulância levou Eurico para o hospital, mas ele não resistiu.

Ele já havia superado o câncer outras duas vezes, no pulmão e na bexiga.

Como dirigente, Eurico acumula polêmicas e títulos e divide o coração de muitos entre amor e ódio. Ele presidiu o Vasco em dois períodos: de 2003 a 2008, e de 2015 a 2017. Foi também vice-presidente de futebol do clube entre 1990 e 2002, quando participou das principais conquistas do clube, como o Campeonato Brasileiro de 1997, a Copa Libertadores de 1998, a Copa João Havelange de 2000 e a Copa Mercosul de 2000.