JORNAL DA BARRA - redacao@jornaldabarra.com.br

Pin It

por Guilherme Cosenza

O Rio de Janeiro entrou em estágio de atenção na noite de ontem (08) aproximadamente às 19hrs. Porém, quase duas horas depois a cidade passou para o Estágio de Crise. Esse é o mais grave de três níveis de risco que a prefeitura pode classificar os problemas na cidade. Esse estágio indica que a cidade deve ficar alerta pois acidentes, deslizamentos e outros problemas podem acontecer durante esse estágio. 

Para se ter uma idéia, apenas no começo da noite de ontem e toda a madrugada, um total de quatro horas, choveu mais do que os dias 6 e 7 de fevereiro, quando seis pessoas morreram em consequência do temporal. Sendo assim, as chuvas de ontem e hoje foram o dobro da média prevista para todo o mês de abril. A Defesa Civil revelou em entrevista ao canal GloboNews, que foram feitas mais de 1,7 mil ocorrências em toda a cidade. 

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) previu mais chuvas fortes com trovoadas até as 10h de hoje. Porém ainda existem pontos onde a chuva ainda cai, com menos força.

 

A prefeitura recomenda que a população tome as seguintes ações preventivas:

  • Os habitantes das áreas de risco devem se deslocar imediatamente para locais seguros
  • Os moradores de áreas de encostas devem ficar atentos para indícios de ameaças de deslizamentos e estarem preparados para se deslocarem para locais seguros
  • As pessoas que estiverem em locais seguros devem permanecer nestes locais até o cancelamento do alerta
  • As vias urbanas que atravessam os maciços montanhosos da cidade e as áreas inundáveis devem ser evitadas
  • Evite transitar em áreas alagadas e próximas a córregos, canais e rios sujeitos a transbordamentos
  • Em casos de ventos fortes e/ou chuvas com descargas elétricas, evite ficar próximo a árvores, redes de distribuição de energia elétrica ou em áreas descampadas
  • Se necessário, use os telefones de emergência 193 (Corpo de Bombeiros), 199 (Defesa Civil) ou 1746 (Central de Atendimento da Prefeitura)