Com um novo nicho de mercados populares a Barra traz os melhores preços para a região

Por Guilherme Cosenza, Ive Ribeiro e Luiza Macedo  

"Preciso ir até Madureira para pagar mais barato", "Vou para CADEG que o preço é mais em conta", "Peixe fresco mesmo é no Mercado de Peixes em Niterói", "Vamos para Rua 2, lá tudo é mais barato". Essas são frases que todo morador do Rio escutou pelo menos uma vez na vida. Correr atrás do preço mais em conta, sem perder a qualidade dos produtos é sempre uma boa pedida.

Porém, o que muito morador da região não sabe, é que não é preciso ir muito longe para encontrar produtos em conta e ir a lugares referencia de qualidade e bom preço. Os mercados populares entraram no cotidiano da Barra. Se os luxuosos shoppings marcam a tradição do bairro com as mais famosas grifes, uma nova tendência começa a entrar no gosto dos consumidores. Com preços mais acessíveis sem deixar a qualidade de lado, empreendimentos como o UpTown, com o Mercado dos Produtores e o Feirão das Malhas, com diversas opções para quem quer se vestir bem a bom preço, mostram que não é preciso ir para longe para gastar pouco. Pensando o JORNAL DA BARRA visitou esses comércios populares para apresentar as mais diversas opções de boas e econômicas opções.

Barra a preços populares

Uptown Barra: Conhecendo o comércio popular da cidade em um só lugar

Além do preço, há outro ponto crucial, poder visitar diversos pontos da cidade indo apenas em um único lugar. Ao invés do morador da Barra ir até os diversos pontos da cidade, são os diversos pontos da cidade que vem até ele. Assim funciona com o UpTown, as grandes marcas e comércios encontrados nos mais famosos pontos da cidade, se concentram nas ruas do centro popular.

Dessa maneira, quem está acostumado a dirigir longas horas para chegar ao Mercado dos Peixes em Niterói, pois além do peixe fresco, o mercado possui bons preços, poderá economizar, e muito, no combustível, indo até a Emporium San Pietro - Peixaria & Bistrô. A loja é oriunda do mercado de peixes, onde inclusive, possui ainda uma loja no loca. Sendo assim, o Emporium mantém a mesma qualidade e bom preço dos peixes de Niterói. A idéia no entanto, de trazer os peixes de Niterói para a Barra foi da proprietária Alexandra Amendola: "de início meu marido (Giusepe Amendola) não se interessou muito pela idéia de trazer os peixes da família dele para cá, mas eu gostei da proposta do UpTown. Eu acabei ficando à frente daqui. Em Niterói nós já estamos há 50 anos. Temos nossos barcos que pescam os peixes e trazem para gente".

Há dois anos no Mercado dos Produtores, Alexandra traz a mesma proposta do mercado original, onde o cliente pode comprar o peixe que mais lhe agrada e pedir para que seja feito para ser degustado na hora. A proprietária conta que a aceitação do público foi muito boa: "as pessoas estão gostando muito. Tem muita gente que vem aqui de dia de semana para almoçar, principalmente das empresas da região que pegam o ônibus do UpTown para vir aqui. Mas também fazemos muitas entregas, tanto para Barra, como Recreio e Jacarepaguá. Alguns clientes já são fixos e sempre compram com a gente".

Outra saborosa opção é o restaurante Barsa. Nascido entre os corredores  do Mercado Municipal do Rio de Janeiro, a CADEG, no UpTown, o restaurante manteve sua elegância e bons pratos, em um espaço maior e ainda mais convidativo. O chef executivo e proprietário da marca, Marcelo Barcellos, contou os motivos que fizeram trazer um dos mais tradicionais restaurantes da CADEG para Barra: "ficamos famosos por levantar o CADEG (risos). Na época que chegamos lá não havia almoço, então começamos a trabalhar com isso. Trouxemos os mesmos valores e o mesmo cardápio que temos na CADEG, porém conseguimos deixar ele mais extenso, pois temos aqui uma estrutura de cozinha muito maior, o que nos permite poder explorar mais nesse aspecto. Temos uma estrutura de cozinha que somados dão 100m²".  Com isso, o cardápio ganha mais opções de assados e petiscos, segundo Marcelo.

O novo espaço possui três andares, no primeiro andar um ambiente de mesas e bar, segundo com um espaço para reuniões e eventos, com um cozinha modelo, e no terceiro andar a cozinha uma estrutura ampliada para servir os clientes. Além de belos e saborosos pratos, o Barsa possui uma bela carta de vinhos para os amantes de uma boa safra. Contudo, Marcelo conta o principal ponto do Barsa: "trabalhamos com um fato delicado que é a cozinha de memória afetiva. São pratos que remetem as melhores lembranças das pessoas, uma viagem, um prato especial, a comida da avó, por sinal, poder perder só para a comida da avó é muito bom (risos). Então trabalhamos com esse pedaço da memória afetiva das pessoas, por isso temos cuidado de trazer sempre as melhores opções".

O UpTown ainda traz uma imersão pelo mundo, como o restaurante uruguaio La Parilla del Mercado, onde o restaurante trabalha com carnes tipicamente do país e o cliente pode aproveitar boas opções de parrillas e outros pratos típicos da região. Além de poder ver o prato sendo feito na imensa churrasqueira logo na entrada do restaurante. Com uma ótima opção de ouvir belas histórias e conhecer melhor o país. Basta que se encontre a matriarca do dono do local, uma autêntica uruguaia e amante de sua cultura, pronta para falar um pouco de seu país e mostrar os pontos altos e saborosos do Uruguai.

Barra a preços populares

Para quem pensa em ir até Petrópolis para conhecer como se faz cerveja, dentro do UpTown também se encontra a cervejaria Tio Ruy. O local possui seu próprio alambique, onde são feitas as cervejas totalmente artesanais. O local é estrategicamente envolto de vidraças para que as pessoas possam ver os processos da bebida até chegar nos copos. A idéia surgiu do amante das geladas, Eduardo Pontes, que junto com a esposa, a sommelier Marcela Pontes, trouxeram a cerveja Tio Ruy para dentro do Mercado dos Produtores. "nós somos uns dos primeiros a assinar aqui com o UpTown. A idéia de um mercado dos produtores tem tudo a ver com a nossa idéia de vender cerveja. Além disso, hoje ele é também um pólo gastronômico, o que favoreceu muito o nosso bar e se tornou em um ponto muito favorável para gente", conta o proprietário.

Eduardo ainda contou os motivos pelos quais decidiu criar dentro do próprio espaço a fábrica da cerveja: "na verdade, inicialmente era uma fábrica para servir o cervejeiro caseiro. Era mais para os pessoal de confraria e que fazia cerveja em panelas e tudo mais. Porém o mercado aqui foi crescendo e expandindo. Testamos então um produto nosso em um quiosque aqui, acabou sendo bem aceito. Então começamos a fazer nosso trabalho aqui". A evolução e a expansão da marca dentro do UpTown foi tanta, que a cervejaria Tio Ruy já esta se preparando para invadir a Zona Sul: "estamos abrindo um espaço lá para poder atingir uma demanda de clientes que ainda não nos conhecem por lá".

Além da área gastronômica, o UpTown ainda possui uma gama imensa de locais para atingir outro nicho como lojas para produtos de festas, materiais escolares, artesanatos, brinquedos, entre uma gama imensa de assessórios para casa, como o caso da megaloja Primus que possui dois andares com os produtos mais variados para enfeitar a casa, seja em datas comemorativas, quando quase 80% dos produtos giram em torno de adereços comemorativos, como no caso do Natal, ou em dias comuns, são inúmeros os produtos feitos para o dia a dia. Sempre com preços acessíveis, como os encontrados em locais como o Mercadão de Madureira, mas com a segurança e a tranquilidade de um comércio da Barra da Tijuca.

Barra a preços populares

Muitas vezes ir até os centros populares da cidade podem acarretar alguns problemas, a falta de lugar para estacionar, a falta de segurança e falta de comodidade para chegar. Com isso, o centro popular da Barra consegue resolver os três problemas em um só ambiente, como no caso do UpTown. Por ter um espaço amplo de estacionamento, dificilmente todas as vagas são ocupadas e o preço do estacionamento é fixo em torno de R$8,00. Por ser um ambiente fechado, o local possui segurança privada e 24hrs. Por último, em dias de semana o UpTown deixa a disposição dos moradores e frequentadores da Barra, ônibus fretados por diversos pontos, assim, para quem quiser conhecer, basta acessar o site do local e ver os pontos de melhor acesso para pegar os ônibus.

Feirão das Malhas: um toque da Baixada Fluminense em plena Barra

No Feirão das Malhas, que fica dentro do Aerotown Power Center, o equilíbrio é a palavra chave para o sucesso, como explica a superintendente do empreendimento Lúcia Motta: “eu gosto de usar um termo: consumo consciente. Temos a oportunidade de comprar bem, por um preço justo. Isso é importante para todo mundo”. Lúcia diz que o Feirão é um mercado feito para receber diferentes tipos de consumidores: “a pessoa que tem pouca grana tem a possibilidade de estar aqui vivenciando uma oportunidade interessante. Assim como quem tem mais grana, que as vezes quer ir até o Feirão, mas não quer ir até Caxias”.

Isso porque, agora consolidado na Barra, o Feirão das Malhas é um nome conhecido do carioca pelo sucesso que faz em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Na nossa região, a casa conseguiu manter os preços e os produtos que sempre atraíram multidões com peculiaridades de outros shoppings centers locais, com uma alta variedade de opções no entretenimento e na gastronomia: “você pode ter um restaurante maravilhoso, mas as vezes quer a opção de comer como se estivesse na rua, algo mais simples, um pastelzinho... nada de grife. Fizemos um ambiente que a pessoa vai curtir a comida e também o espaço, o clima”, disse Lúcia Motta.

Um exemplo de loja que chegou para ser novidade na região dentro das paredes do feirão é a Mr. Bag, que apresenta aos clientes sapatos e bolsas. Suas unidades eram somente em Icaraí, em Niterói: ’’ter um ponto aqui na Barra da Tijuca foi muito bom e importante para nós, pois os clientes não tinham acesso e achavam longe. Recebo inúmeras mensagens das pessoas felizes por ter a loja nesse novo local’’, declarou Vanessa Stallonio, proprietária há 12 anos. Ela relata que seus produtos são diferentes, e focam em atrair mulheres que procuram bom gosto, qualidade e um bom preço. O valor das peças varia, tem calçados que custam R$ 199.99, mas o valor varia de acordo com o modelo, forma entre outros quesitos.

Já Aline Rosa, proprietária da loja de roupa Rosa Bonita, o local é “maravilhoso” e por seu empreendimento ter fabricação própria, há uma grande aceitação do público: ’’o shopping é novo e bom, está começando agora e isso se torna um atrativo. O preço é acessível, começamos com peças de R$9.90 até R$79.90. Trabalhamos com moda feminina, do P ao GG, e o objetivo agora é só crescer’’, declarou esperançosa.

Outro lojista satisfeito com o novo point é Rodrigo Vieira, gerente da SheikináhJóias, que disse possuir lojas em Caxias e em Niterói e que esse empreendimento ainda é novo, inaugurado em dezembro, mas está com uma proposta interessante. Rodrigo aprovou a novidade e garantiu estar gostando bastante de trabalhar com o público dessa região. A loja vende brinco, pulseiras, cordões entre outros assessórios e o preço varia, tem muitas peças entre R$14.98, R$ 24.98, além de produtos mais caros.