A Prefeitura do Rio informou que a Guarda Municipal vai começar a utilizar armas não-letais durante patrulhamento nas ruas da cidade ainda este mês.

Esta semana, 60 guardas estão passando por um treinamento para manuseio de pistolas elétricas e sprays de pimenta. O grupo vai ser responsável por instruir outros guardas a utilizarem os equipamentos nas ruas. Só este ano, mais de 200 agentes já receberam o treinamento.

Também chamadas de instrumentos de menor potencial ofensivo (IMPO), as armas são utilizadas como força de apoio à segurança urbana e não oferecem riscos à vida humana, segundo o secretário municipal de Ordem Pública, Paulo Amendola.
De acordo com a comandante da GM-Rio, Tatiana Mendes, o equipamento vai trazer mais segurança para os agentes, além de ajudar a inibir a prática de delitos.

Até o momento, os agentes utilizam armas de balas de borracha, spray de gás lacrimogêneo e bombas de efeito moral.