Fone: (21) 2042-2955 -  redacao@jornaldabarra.com.br

Pin It

Após decisão judicial, um relatório encomendado pela Prefeitura do Rio conclui que a Ciclovia Tim Maia pode ser reaberta. A construção está fechada desde 2016, quando duas pesoas morreram após parte da ciclovia desabar.

A perícia solicitada pela Justiça custou R$ 180 mil aos cofres da Prefeitura. O perito judicial e engenheiro civil Antônio Vicente de Almeida Mello concluiu no relatório que a ciclovia poderá ser liberada para uso, mas algumas medidas devem de segurança devem ser adotadas.

Novas medidas de segurança

  • Apresentar um plano de inspeções de rotina para avaliar o estado da estrutura ao longo do tempo - por causa do contato direto da ciclovia com o mar.
  • Construção de novas saídas de emergência da ciclovia para a Avenida Niemeyer, que fica ao lado da ciclovia.

O relatório apontou também problemas existentes nas tubulações de água e instalações elétricas, devendo a Cedae e a Light realizarem os reparos o quanto antes.

No processo, que tramita na Justiça desde julho de 2016, tanto a Prefeitura quanto a defesa do consórcio Contemat-Concrejato já se manifestaram de forma favorável à abertura da ciclovia. No entanto, o Ministério Público Estadual é contra a liberação até que se reparem todos os defeitos e não haja nenhum risco.