Fone: (21) 2042-2955 -  redacao@jornaldabarra.com.br

Pin It

A Barra da Tijuca foi palco de um dos maiores eventos ligado à cultura do Japão: o Rio Matsuri. O Rio Centro foi o espaço escolhido para vários expositores comercializarem diversos produtos orientais, envolvendo gastronomia, artesanato, moda, games e mangás. Realizado entre os dias 25 e 27, o Rio Matsuri reuniu também jovens cosplays, fantasiados de personagens de desenhos e jogos japoneses. Ao todo, nesses três dias, 44 mil pessoas passaram pelo pavilhão 4 para prestigiar o momento.

Gerente da exposição “Mamy Rio”, Júlio Uenishi trabalha com produtos fabricados, entre eles: sucos, biscoitos e sorvetes. Sobre a importância do Rio Matsuri para o seu trabalho, Uenishi afirmou: “Primeiramente, os produtos japoneses são bem conhecidos no Rio. O pessoal consome muito. Logo, tentamos divulgar o máximo possível as comidas que temos aqui. E nem tudo se restringe ao Japão. Temos produtos orientais em geral”.

Leonardo Martins e Leonardo Pedrazzi trabalharam no estande “Animes Mania”, onde os visitantes podiam comprar roupas personalizadas, canecas, bijouterias, entre outros. Para Martins, é importante para o Brasil conhecer outros tipos de cultura: “O Rio Matsuri é um evento muito importante, por que traz uma cultura do outro lado do planeta para cá, e isso chama a atenção de muitas pessoas”.  Pedrazzi complementou: “Esse tipo de evento ajuda conectar dois tipos de povos diferentes: os japoneses e brasileiros... Dois povos bem distintos no comportamento e nos costumes”.

Com início em 2018, a segunda edição do Rio Matsuri foi um sucesso na Barra. Em 2020 o evento voltará, também no Rio Centro, para continuar valorizando ainda mais a Terra do Sol Nascente em solo brasileiro.