Esse ano foram recolhidos 15 toneladas à menos do que a última edição

No primeiro fim de semana de Rock in Rio 2019, a Comlurb recolheu 162,2 toneladas de resíduos da Cidade do Rock. Essa número é uma vitória se levado em consideração a última edição que teve 15 toneladas à mais recolhido no primeiro fim de semana da última edição, que somava 177 toneladas.

Do total, 65,9 toneladas foram recolhidos de resíduos de orgânicos e 96,3 toneladas tinham potencial de reciclagem. A quantia representa a soma dos três dias do primeiro fim de semana do evento (27 a 29 de setembro). além do evento-teste que ocorreu na quarta-feira (24). A Comlurb foi contratada pela organização do Rock in Rio. A empresa venceu a licitação e firmou um contrato com a empresa Rock World S.A., gestora do festival, no valor de R$ 1.925.976,83.

Os garis atuam na parte interna em três turnos, com o apoio de 18 caminhões compactadores, um caminhão gaiola, quatro caminhões pipa, um mini basculante, duas varredeiras, 19 vans e 58 sopradores. Foram colocados na área interna 2.000 contêineres, sendo 1.000 com adesivos azuis para orgânicos e 1.000 com identificação na cor verde para os resíduos potencialmente recicláveis para o descarte correto de lixo. Na área externa, atuam mais 169 garis também em três turnos, com o apoio de nove veículos, incluindo caminhões compactadores e pipa, além de 30 sopradores. A área externa conta com 160 contêineres.

Compartilhe