A Prefeitura do Rio fez uma ação no Recreio dos Bandeirantes nesta terça-feira (05/10) para fiscalizar um local onde eram criados porcos e outros animais. Moradores denunciaram a prática devido ao mau cheiro e à quantidade de moscas na região. A operação envolveu a Subprefeitura da Barra, Recreio e Vargens, a Gerência Executiva Local da Barra e Recreio, Polícia Militar, Guarda Municipal e equipes do Instituto Municipal de Vigilância Sanitária, Vigilância de Zoonoses e  Inspeção Agropecuária (IVISA-Rio).

A Coordenação de Vigilância de Zoonoses do IVISA-Rio verificou a criação de cerca de 30 suínos adultos e de grande número de filhotes, sem licenciamento sanitário. O local é insalubre, com condições de higiene precárias e sem estrutura ou distanciamento adequado das áreas circunvizinhas.

Foi verificada ainda a criação de cabras para produção de derivados de leite, com registro junto ao Serviço de Inspeção Estadual, além de galináceos e bovinos para consumo próprio, segundo a Coordenadoria de Inspeção Agropecuária (CIA) do IVISA-Rio. Não há abatimento dos animais no local.

A criação de suínos foi parcialmente interditada, foram apreendidos medicamentos com prazo de validade vencida para inutilização, e lavrados termos de intimação para adequação e auto de infração pela ausência de licenciamento e falta de asseio.

A Secretaria Municipal de Cidadania, em parceria com a Secretaria de Meio Ambiente, promove, na tarde desta terça-feira (05/10),  a ação “Educação para Cidadania”, em Realengo, em comemoração ao Dia da Cidadania. Será uma tarde com atividades recreativas e educacionais para moradores da região.

A partir de 15h, es equipes serão exibidos vídeos sobre direitos e deveres do cidadão, disponibilizados jogos lúdicos e haverá ainda dinâmicas e palestras sobre a importância do meio ambiente, fauna, flora e ecossistema, além de distribuir mudas de plantinhas. Para completar a comemoração, haverá pula-pula, bolo e doces para as crianças.

– O lazer é direito garantido para sociedade, serve de resgate para cidadania e proporciona melhor condição de vida para as crianças e adolescentes – afirma Renato Moura, secretário de Cidadania.

O evento vai acontecer na Rua Jaime de Carvalho, 240. Campo do Ouro Negro, em Realengo, próximo à Escola Municipal Marechal Rondon.

A Prefeitura do Rio anunciou, nesta quarta-feira (06/10), a chegada dos programas Bairro Maravilha e Luz Maravilha a mais dois bairros da Zona Oeste. O prefeito Eduardo Paes e representantes de diversos órgãos municipais conferiram de perto os pedidos dos moradores de Campo Grande e Santíssimo, e anunciaram as melhorias para cada região.

– Estou autorizando a Secretaria de Infraestrutura a fazer as obras. Mas antes quero dar só um esclarecimento: as obras não começam amanhã. Ainda será feita uma licitação para escolher a empresa que ficará responsável pelo serviço. Ano que vem, vocês vão poder andar aqui de bicicleta, skate e patins porque vai estar tudo asfaltado, urbanizado, com drenagem e esgoto, além de uma nova iluminação com lâmpadas de LED – disse o prefeito, ao lado do secretário municipal de Infraestrutura, Jorge Arraes e do Secretário de Meio Ambiente, Eduardo Cavaliere.

O programa Bairro Maravilha tem como objetivo recuperar áreas da cidade com pouca infraestrutura. As regiões beneficiadas têm vias asfaltadas, ganham nova iluminação, além de ter calçadas refeitas e receber serviços de drenagem. Ao todo, serão atendidas 17 ruas das localidades Loteamento Rio-São Paulo, em Campo Grande, e Morada do Quafá, em Santíssimo, uma área com mais de 27 mil m².

O programa Luz Maravilha, viabilizado por meio de parceria público-privada, é uma iniciativa da Prefeitura para modernizar e tornar eficiente todo o sistema de iluminação pública do Rio. Até o momento, mais de 130 mil lâmpadas de LED iluminam as ruas da cidade.

Após sair da Zona Oeste, o prefeito foi a Vigário Geral, na Zona Norte, onde ouviu as reivindicações da comunidade. Um dos principais pedidos dos moradores foi a revitalização da Praça Catolé do Rocha, que recebeu o aval de Paes para ser realizada.

O Assaí Atacadista está com 317 vagas de emprego abertas no Rio de Janeiro. As oportunidades, criadas para compor o time da nova loja que será inaugurada na Avenida das Américas, nº 900, na Barra da Tijuca, nos próximos meses, são todas efetivas e abrangem diferentes áreas. Entre alguns dos postos dos setores, que oferecem funções técnicas, operacionais e de liderança, estão: chefe de seção, fiscal de prevenção de perdas, repositor de mercadorias, operador de caixa, auxiliar de manutenção, operador de empilhadeira, auxiliar de cozinha, açougueiro, auxiliar de açougue, entre funções que também incluem oportunidades para pessoas com deficiência.    

Os interessados e as interessadas devem se cadastrar exclusivamente no site https://expansaoassaibarradatijuca.gupy.io/ até o dia 12 de novembro. Para iniciar a participação no processo seletivo, é necessário ter em mãos RG, CPF, número de telefone e endereço de e-mail.  O processo seletivo será 100% on-line, sendo importante manter os dados cadastrais atualizados.

A abertura da nova unidade é uma continuidade ao plano de expansão orgânica da marca, que mais que dobrou sua presença no território nacional nos últimos seis anos. Hoje, o Assaí está presente em todas as regiões brasileiras, em 23 Estados e no Distrito Federal, alcançando mais de 100 municípios. Apenas no Estado do Rio de Janeiro, o Assaí conta, atualmente, com 23 lojas.

Como medida de prevenção contra a Covid-19, o processo seletivo da rede foi adaptado para ser realizado 100% on-line, junto com uma série de medidas para garantir a segurança dos colaboradores e clientes da rede em todo o Brasil. A seleção online também oferece mais agilidade e permite que o candidato acompanhe a sua evolução na plataforma. O Assaí oferece remuneração e pacote de benefícios compatíveis com o mercado. A rede possui, ainda, um plano estruturado de carreira e investe constantemente em capacitação e no desenvolvimento profissional de seus colaboradores em todo o país.