A Subprefeitura de Jacarepaguá, em conjunto com a Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS), Comlurb, apoio da Guarda Municipal e Polícia Militar (PM), realizou durante a manhã e tarde da última quarta-feira (16), duas ações de abordagem e acolhimento, ordenamento e limpeza na região da Cidade de Deus e ao longo da Estrada dos Bandeirantes, em Curicica, na Zona Oeste do Rio, onde pessoas em situação de rua costumam se abrigar embaixo das marquises e construir estruturas precárias para moradia ou uso de entorpecentes.

Ao todo cinco pessoas aceitaram preenchimento de ficha para encaminhamento aos serviços da Prefeitura, nenhuma delas aceitou acolhimento. Dois caminhões de lixo com a maior capacidade foram retirados pela Comlurb. Educadores sociais orientaram e encaminharam aqueles que aceitaram os serviços ofertados pela Prefeitura do Rio.

A subprefeita Talita Galhardo conta que até a próxima sexta-feira (24) acontecerá uma série de ações nos sub-bairros da região. Talita destaca também que os profissionais de assistência social estão todos os dias nas ruas oferecendo os serviços disponíveis, mas que a Lei não permite que as pessoas sejam encaminhadas para as Unidades de Reinserção Social(URS) de forma compulsória.

“Oferecemos emissão de documentos, assistência psicossocial e médica para os que desejam, porém, só podemos agir de forma mais efetiva quando a pessoa aceita”, conclui a subprefeita.

Por: Marcelo Ramos

O corpo do modelo Tunay Antunes, 30, foi encontrado por volta das 6h de desta quinta-feira (16) por guarda-vidas da região da Prainha, na zona oeste do Rio de Janeiro. Segundo o Corpo de Bombeiros, ele estava desaparecido desde terça (14).

O modelo estava sobre uma pedra pescando próximo ao mirante do Roncador, na praia de Grumari, vizinha à Prainha, quando foi arrastado por uma grande onda. Antunes estava com a namorada, Joci Selinke, 39, que conseguiu se salvar.

A mulher disse à reportagem que está "muita abalada e sem condições de falar [com a reportagem]". "Deus, nos dá força porque a minha acabou", postou nos stories do Instagram na manhã desta quinta-feira.

O Corpo de Bombeiros informou que fazia buscas na região desde que foi informado sobre o desaparecimento.

O casal veio de Santa Catarina e estava morando no Rio havia um ano.

Além de trabalhos como modelo, Tunay era formado em radiologia médica e era também bacharel em Educação Física. Nas redes sociais, ele compartilhava momentos de atividade física, prática de mergulho, corrida e o gosto por motociclismo. Nas imagens, ele aparece ainda tocando acordeom.

Na última segunda-feira (13), o mar revolto chegou a invadir o calçadão da orla do Leblon, na zona sul do Rio, e deixou um rastro de areia no local.

A Marinha emitiu um alerta de ressaca com possibilidade de ondas de 2,5 a 3 metros de altura para a orla do Rio de Janeiro entre domingo (12) e terça-feira (14).