Fone: (21) 2042-2955 -  redacao@jornaldabarra.com.br

Pin It

Neste domingo (02) de fevereiro é o último esquenta da BAB (Banda Amigos Da Barra), - e o samba vai correr solto até as 22 horas. Além do grupo carioca Samba Do Gota e do sambista Jorgynho Chinna, uma atração pra lá de especial, um francês cantando samba.

É isso mesmo, o parisiense Matthieu Doat tem uma história de amor com o ritmo brasileiro. "Eu lembro que senti uma alegria, uma nostalgia e nem sabia de que, quando ouvi Dona Ivone Lara e assisti o Fundo de Quintal, fiquei bobo, amei o som do cavaquinho e do banjo. Comprei logo um de cada e fui aprender! Mas em Paris? Sai a procurar alguém que me ensinasse". Conta o francês.

Matthieu, renomado fisioterapeuta, jogador de rugby e modelo das passarelas europeias, inclusive no casting da agência brasileira 40 Graus, veio ao Brasil a passeio em 2009. A paixão pelo Rio de Janeiro, pelo samba, seus artistas e depois por todo o país foi avassalador! Virou caso de amor.

De volta a sua terra, levou junto aquele que se tornou um de seus maiores companheiros no seu dia a dia, o cavaquinho, além do banjo e toda a vontade de cantar o samba!. Ele vem soltando a voz pela Europa, Ásia, África e claro, no Brasil. Já se apresentou entre bambas como, Arlindo Cruz, Reinaldo, Xande de Pilares e muitos outros. Da últma vez que veio ao Rio, desembarcou em Bangu, para participar da Roda de Samba Nada Pra Fazer. Matthieu fez muito sucesso.

O charme francês, com a malemolência brasileira se fundiu e criou uma sonoridade única, o "Samba Sem Fronteiras", que deu nome ao primeiro projeto solo do cantor.

Gravou "Sincronicidade", com participação da sambista baiana, Ju Moraes. A canção também virou clipe. A elegância do sambista parisiense e a beleza brasileira da blogueira, Bianca Andrade (Boca Rosa),atualmente no BBB 20, da Rede Globo, lançada simultaneamente nos dois países. Seria apenas mais um vídeo musical do samba, se o cenário, não fosse a Paris, eterna Cidade Luz. 

Matthieu,  já se apresentou ao lado de Arlindo Cruz, inclusive foi o último a gravar com o sambista, antes dele ser internado. Fez duo com Reinaldo em São Paulo, gravou e lançou a musica "Façanha", com Xande de Pilares em novembro de 2019.

Retorna a Paris no dia 07, para apresentação com, a nossa diva Alcione, no dia 16 de fevereiro, no Le Trianon, em Paris.

No Padano vai levar pérolas do nosso samba cantado em francês e português, "Nascente Da Paz", do Fundo de Quintal, "Acreditar"e "Sorriso Negro", de Dona Ivone Lara. Quem for poderá ouvir também, "A Flor E O Samba" e "Vivo Isolado Do Mundo", de Candeia, além de clássicos de Arlindo, Zeca, entre outros.

O Samba do Gota traz muito samba de raiz, pagode retrô e sucessos da atualidade. O grupo acentua a bandeira do Samba Brasileiro sem deixar de fora os sucessos da atualidade pelas vozes de Ferrugem, Péricles, Grupo Clareou, Diogo Nogueira e muitos outros.

Da paixão pelo samba e de uma enorme vontade de levar alegria através da música, nasceu o Samba do Gota. Idealizado por Fernando França (Gota), nascido em Copacabana, Rio de Janeiro, cavaquinhista há mais de 23 anos e que deixou o estudo em Direito para formar uma banda com profissionais do samba, e trazer o melhor para o público Brasileiro e Internacional. O Grupo acentua a bandeira do samba seguindo as influencias que vem crescendo desde Pixinguinha, passando por Noel Rosa, Cartola, Candeia, Paulinho da Viola, João Nogueira, e de artistas contemporâneos como: Beth Carvalho, Arlindo Cruz, Fundo de Quintal, Zeca Pagodinho, entre outros.

Jorgynho Chinna iniciou sua carreira nos anos 80, mais precisamente na Zona Oeste do Rio e na Baixada Fluminense. Logo estava participando das rodas no famoso bloco Cacique de Ramos, de frente a alguns dos seus ídolos, como Almir Guineto, Fundo de Quintal e Zeca Pagodinho. Seu primeiro CD, "Não Sou de Caô", foi lançado em 2007, produzido por Bira Havaí (arranjo e regência) e Franklin. Já o segundo CD, o mais recentemente lançado, "Aprendiz", teve a assinatura de Milton Manhães na produção e contou também com arranjos e regência de Ivan Paulo.

As portas serão abertas às 13 horas. Uma feijoada será servida (liberada até às 17 horas), no valor de R$ 50, já com a entrada inclusa. Bebidas estão fora desse ingresso. Menores de 18 anos só com o responsável. O Padano Bar fica na Av. Érico Veríssimo, 821 – Barra Da Tijuca - Rio de Janeiro. Vendas na hora ou pelo telefone: (21) 99461-8905. Sujeito a lotação.

  

Últimas notícias

Cinema

UCI Cinemas no Rio de Janeiro: valores promocionais às segundas estão de volta!

Com a super novidade para clientes UNIQUE, que podem pagar a meia-entrada da “Segunda Mania”