Fone: (21) 2042-2955 -  redacao@jornaldabarra.com.br

Pin It

O presidente do Fluminense, Peter Siemsen, deu uma grande notícia para a torcida tricolor. Na cerimônia de oficialização da candidatura de Pedro Abad à presidência do clube, ele revelou que o Tricolor assinou um memorando de entendimento para a aquisição de um terreno na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, para construção de um estádio próprio.

O futuro estádio, que tem capacidade prevista para 42 mil torcedores, é um sonho antigo do clube. O terreno foi conseguido em uma parceria com a Prefeitura do Rio, após longa negociação.

"Finalmente nós conseguimos! Será um terreno de cerca de 60 mil metros quadrados. Assinamos o contrato e o Abad esteve junto comigo. Precisou de muita criatividade pois é um valor muito alto a ser investido. Queremos dar vida ao local. O nosso futuro estádio será próximo ao centro de treinamento", afirmou o mandatário tricolor.

"O primeiro passo já foi dado. Não adianta ficar eufórico e pensar que agora temos um estádio. Temos de trabalhar muito para chegar lá. O memorando significa que o Fluminense tem uma obrigação, que precisa da parceria da prefeitura. A nossa ideia é começar o trabalho amanhã, ou assim que acabar a eleição municipal. Terminado isso, começa no dia seguinte para ter as mudanças necessárias", finalizou Siemsen.

Apesar disso, o Maracanã não foi descartado pela diretoria. A ideia do Tricolor é mandar as partidas com grande apelo no estádio e realizar as demais em sua futura arena.

O Dia