Fone: (21) 2042-2955 -  redacao@jornaldabarra.com.br

Pin It

Por Danilo Freitas

Não é de hoje que grandes empresas, associações e cidadão comuns, da grande Barra da Tijuca, enfrentam um extenso processo em obterem autorização para cuidarem de espaços públicos, como: praças, canteiros e terrenos.

Mas parece que a luz no fim do túnel está bem próxima, pois, a prefeitura abriu processo de adoção de duas áreas na região, trata-se de uma área verde no Condomínio Vale do Eldorado, na Rua Fritiz Feigl, e uma faixa de vegetação de restinga em trecho da Praia de Grumari, na Barra da Tijuca. Que Podem ser adotadas para manutenção e conservação por pessoas físicas e jurídicas.

O tempo de vigência de cada contrato é de dois anos. Os interessados em firmar os termos de adoção desses dois bens públicos poderão obter mais informações junto à Fundação Parques e Jardins, que funciona no Campo de Santana, de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.

 

Áreas já adotadas

A Fundação Parques e Jardins celebra a assinatura de dois novos termos de adoção na Barra, que vão garantir serviços de manutenção e conservação desses locais por dois anos. Uma área verde na Avenida Ayrton Senna, até a Avenida Lúcio Costa, 6.990 (Barra da Tijuca), adotada por Antônio Carlos da Silva Guimarães e canteiro ajardinado na Avenida Olegário Maciel, 231-Loja J (Barras da Tijuca), adotado por Rafael de Queiroz Ferreira Thomas.