As Avenidas José Silva de Azevedo Neto e João Cabral de Mello Neto se transformaram em verdadeiros estacionamentos a céu aberto. Os canteiros acabaram se transformando, pela facilidade de acesso com os carros, à falta de espaço suficiente para estacionar e os valores altos cobrados nos estacionamentos dos shoppings (Barrashopping e Casa Shopping) e centros comerciais (CEO e O2), nos pontos certos para o estacionamento irregular.

 

Foto: Superintendência Regional da Barra da Tijuca

 

Mesmo com o grande espaço existente dentro da Península, ela já não suporta tantos carros de fora, dessa maneira, para poder fugir dos altos valores dos estacionamentos na região, muitos motoristas estão optando por estacionar em cima dos canteiros, sendo também uma maneira de incentivo para outra irregularidade: a venda de quentinhas, que teve um crescimento alarmante na região. Há pontos, inclusive, na Avenida José Silva de Azevedo Neto em que o carro de quentinhas tem mesa para que seus clientes possam sentar para se alimentar.

Para combater isso, equipes da Superintendência Regional da Barra da Tijuca, do Controle Urbano, da Fiscalização, da Guarda Municipal e da Comlurb realizaram na quarta-feira (11/07) uma operação de ordenamento nessa região. No total, foram autuados 36 veículos por estacionamento irregular e por transitar nas calçadas. Todos os carros que estavam com quentinhas foram notificados e convidados a sair do local, sendo avisados que não podem exercer atividade comercial, nem de venda de produtos, nem de publicidade. Foram retiradas placas irregulares e notificados também trailers e uma Kombi.