0
0
0
s2smodern

Por: Gabriel Suares

Na madrugada do último fim de semana, pedaços de rocha se desprenderam da Pedra da Gávea e interditaram parte da Estrada da Barra da Tijuca, entre as Pontes Nova e Velha do Itanhangá, próximo ao túnel do metrô. 

Ao que indica que o deslizamento ocorreu por fatores naturais, e não em função de obras na construção da Linha 4 do metrô, estação Jardim Oceânico. Na última segunda, dia 09, técnicos da GEO-Rio órgão municipal, filmaram toda a encosta com auxílio de um drone. As imagens serão analisadas e, depois, será feito uma descida de rapel em pontos onde há risco de novos deslizamentos.

A Associação Bosque Marapendi (ABM) emitiu um aviso para seus moradores, solicitando para que evitem o local e informando as alterações que estão sendo feitas na circulação de veículos. Além disso a ABM informou que estará monitorando as linhas e horários dos ônibus que passam no local. 

Comunidade

CDD é o segundo local com mais tiroteio no Rio

A Região Metropolitana do Rio registrou 5 mil tiroteios em 2018, uma média de 25 casos por dia. As regiões mais afetadas foram a Praça Seca, com 211 registros, Cidade de Deus com 167, Vila Kennedy com 151, Complexo do Alemão com 118 e Rocinha com 111. Os dados são da plataforma de mapeamento Fogo Cruzado.