Por: Gabriel Suares

Deliciosos pescados, muito camarão, bacalhau e entre outros. Esses são os destaques na receita da nova edição do Comida di Buteco 2018. Dos 58 bares participantes, no Rio de Janeiro, 14 deles apostaram em peixes e frutos do mar como pratos principais na maratona, sendo alguns deles situados na região da Barra, Recreio, Vargens e São Conrado. Em sua 19ª edição, o concurso que começou no dia 13 de abril, vai perdurar nos botecos cariocas até o dia 13 de maio.

Realizado no Rio pelo 11° ano consecutivo, o evento acontece simultaneamente em 21 cidades do país com preço médio de R$ 25,90 para os petiscos dos bares. Com a final nacional sendo realizada em São Paulo, (23/07), o público carioca terá até o dia 13 de maio para escolher o seu prato preferido.

Formado no ano de 2000, em Belo Horizonte, (MG), o Comida di Buteco nasceu com o objetivo de resgatar os “butecos’ autênticos que todos levam no coração. Flavia Rocha, uma das organizadoras do evento, afirma que a perspectiva de crescimento dos votos tende a aumentar a partir de uma maior visibilidade dos bares menos conhecidos: “a expectativa para esta edição é que haja um engajamento cada vez maior do público, com um crescimento de votos em 10%, maior visibilidade dos butecos ainda desconhecidos do grande público e um crescimento entre 25% e 30% no faturamento dos participantes”.

Além de ressaltar a importância do concurso no calendário de eventos da cidade, Flávia conta sobre os “botecos” serem ícone brasileiro e o destino de muitas pessoas aos finais de semana: “com certeza, estar na agenda dos principais eventos da cidade, vai nos dar uma maior visibilidade e fazer toda a diferença, além de demonstrar a importância que o Comida di Buteco tem na valorização desse ícone brasileiro e carioca – o BUTECO”. Com o apoio do Governo do Estado e da Prefeitura do Rio, além dos seus parceiros, o torneio traz como o lema principal: transformar vidas através da cozinha de raiz – buteco extensão de sua casa.

Botecos da região

Tendo em sua maioria presente na Ilha da Gigoia, o bar Cais Bar em sua segunda participação do concurso, tenta conquistar o paladar do público com o petisco “Marítimo do Cais”. Bolinhos de moqueca, recheados com frutos do mar, acompanhados com molho de páprica picante. Já o Serpentina Bar, na Freguesia, chega com o prato “Breguete Mineiro Carioca”, Sanduíche de pão de queijo recheado com geleia de bacon, servidos com chips de jiló empanado. Além disso, muitas outras especialidades estão presentes na competição. Como é o caso do Bar Caiçara, que apresenta o “Aventureiro” - tornedor de acém assada em um caldo especial, purê de aipim temperado e farofa crocante – como aposta para a vitória.